Consciênia - Filosofia e Ciências Humanas
Platão, biografia e pensamentos aristoteles Descartes Rousseau Nietzsche Marx

O que é Amizade? Dicionário de Voltaire


AMIZADE

Éum contrato entre duas pessoas sensíveis e virtuosas. Digo sensíveis, porque um anacoreta, um solitário, pode não ser mau e, no entanto, viver sem conhecer a ; virtuosas, porque os maus têm apenas cúmplices, os voluptuosos, parceiros da devassidão, os interesseiros, sócios. Os políticos congregam facciosos, o comum dos homens ociosos têm apenas relações, os príncipes, cortesãos. Só ps homens virtuosos têm amigos. Cétego era 0 cúmplice de Catilina, e Mecenas, o cortesão de Octávio; mas Cícero era o amigo de Ático.

Que estabelece esse contrato entre duas almas delicadas e honestas? Nelas as obrigações são tão fortes ou tão fracas quanto o grau da sua sensibilidade, o número dos serviços prestados, etc.

O entusiasmo pela amizade foi mais forte entre os Gregos e os do que entre nós. Os contos que esses povos urdiram sobre a amizade são admiráveis. Não temos nada parecido; somos um pouco secos em tudo.

A amizade era objecto de religião e legislação entre os Gregos. Os Tebanos tinham o regimento dos amantes. Magnífico regimento! Alguns o tomaram por um regimento de sodomitas. Engano! É tomar o acessório pelo principal. A amizade entre os Gregos estava prescrita na lei e na religião. Infelizmente, os costumes toleravam a pederastia; não se deve imputar à lei abusos vergonhosos.

Dicionário Filosófico de Voltaire – verbetes

 

Fonte: Clássicos Jackson. Trad. De Brito Broca

Comentários

Mais textos

Adicione o seu comentário

Prezado visitante: por favor, não republique esta página em outros sites ou blogs na web. Ao invés disso, ponha um link para cá. Obrigado.


Tags: , , , , , ,

Início