Consciênia - Filosofia e Ciências Humanas
Platão, biografia e pensamentos aristoteles Descartes Rousseau Nietzsche Marx
11

Giordano Bruno - resumos, ebooks, artigos acadêmicos

Giordano Bruno (1548 – 17 de fevereiro de 1600), nascido Filippo Bruno, foi um frade dominicano italiano, filósofo, matemático e astrônomo. Suas teorias cosmológicas foram além do modelo de Copérnico, propondo que o Sol era essencialmente uma estrela e, além disso, que o Universo contém um número infinito de mundos habitados, povoada por outros seres inteligentes. Ele foi queimado na fogueira por autoridades civis em 1600 após a Inquisição Romana considerá-lo culpado de heresia por seu panteísmo e entregou-o ao Estado, que na época considerava a heresia ilegal. Após sua morte, ganhou fama considerável, nos séculos 19 e início de 20, os comentaristas destacavam suas teorias astronômicas e o consideravam como um mártir da liberdade de pensamento e das idéias científicas modernas.

Avaliações recentes sugerem que as idéias de Bruno sobre o universo tiveram um papel menor em seu julgamento do que as suas crenças panteístas, esta difere das interpretações e do alcance de Deus realizada pela Igreja Católica. Além de seus escritos cosmológicos, Bruno Também escreveu obras extensas sobre a arte da memória, um grupo organizado de técnicas mnemônicas e princípios. Comentários mais recentes, começando com o trabalho pioneiro de Frances Yates, sugerem que Bruno foi profundamente influenciado pelos fatos astronômicos do universo herdado da astrologia árabe, Neoplatonismo e Hermetismo renascentista. Outros estudos recentes de Bruno concentraram-se em sua abordagem qualitativa para a matemática e sua aplicação dos paradigmas da geometria espacial para a linguagem.


11
Continue navegando: Filosofia Moderna e Renascimento, Textos Introdutórios |

Início