Jean de La Bruyère – Do Homem

DO    HOMEM Bruyère Tradução de Brito Broca e Wilson Lousada. Fonte: Clássicos Jackson Não nos irritemos contra os homens por vermos sua dureza, sua ingratidão, sua injustiça, seu orgulho, seu amor de si mesmos e seu desinteresse pelos outros; são assim feitos, por natureza. Não os aceitar, como são, seria o mesmo que não poder … Ler maisJean de La Bruyère – Do Homem

La Bruyère – Do Coração

DO CORAÇÃOBruyère Tradução de J. Brito Broca e Wilson Lousada. Fonte: Clássicos Jackson. Há um gosto na amizade pura que não podem co­nhecer os que nasceram medíocres. A amizade pode subsistir em pessoas de sexos dife­rentes, e mesmo isenta de toda a grosseria; uma mulher, entretanto, olhará sempre um homem como homem, e, reciprocamente, uma … Ler maisLa Bruyère – Do Coração

Dos Poderosos – La Bruyère

DOS PODEROSOS – LA   BRUYÈRE  Tradução de J. Brito Broca e Wilson Lousada. Fonte: Clássicos Jackson. Vida quase sem história é a de Jean de La Bruyère, Tendo nascido em Paris, em 164*, estudou Direito, exerceu a advocacia, comprando depois um cargo de tesoureiro geral no "bureau das finanças" de Caen, continuando apesar disso a … Ler maisDos Poderosos – La Bruyère

DAS OBRAS DO ESPÍRITO, por La Bruyère

Retirado do volume “Pensadores Franceses” da Coleção Clássicos Jackson. Volume XII, tradução de J. Brito Broca e Wilson Lousada. Jean La Bruyère nasceu em 1645 em Paris e morreu de apoplexia em 1696. Faz parte, junto com La Rochefoucauld e outros, do grupo chamado de “moralistas franceses”     Tudo está dito, e chegamos tarde demais, … Ler maisDAS OBRAS DO ESPÍRITO, por La Bruyère