Carta de um professor de belas letras, na qual dá conselhos a um seu ex-discípulo

CARTAS Carta de um professor de belas letras, na qual dá conselhos a um seu ex-discípulo Meu caro discípulo e prezado amigo do coração. Quando V. Sª. honrava o meu curso com sua presença, posto que entre seus condiscípulos muito se distinguisse, não pude eu endereçar a V. Sª. instruções e advertências particulares, porque era … Ler maisCarta de um professor de belas letras, na qual dá conselhos a um seu ex-discípulo

Atividade de gramática e redação para o ensino fundamental

A GALINHA E A CASCAVEL Hugo de Carvalho Ramos Entanto, fêz-se logo ouvir, insistente, o cacarejo no vassouredo. Para lá fomos todos curiosos. Minúscula tragédia, espetáculo extraordinário e grandioso aquele, em sua estranha singeleza! No aceiro, uma ninhada de ovos em véspera de abrir. Sobre ela, armada para o bote, uma cascavel batia enfurecida o … Ler maisAtividade de gramática e redação para o ensino fundamental

Vocabulário de termos e expressões regionais e populares

VOCABULÁRIO – DICIONÁRIO POPULAR DE TERMOS E SENTENÇAS DO REGIONALISMOS DO CENTRO-OESTE (Mato Grosso e Goiás, especialmente) Verbetes e significados: ABISCOITAR — Receber dinheiro, herdar, apropriar-se de… ACAUÃ — Ave inimiga das cobras, tida como agourenta. ACEIRO — Terreno debasta-do ao redor dos postes de cerca a fim de evitar que o fogo os queime. … Ler maisVocabulário de termos e expressões regionais e populares

CORRESPONDÊNCIA DE VOLTAIRE – Cartas de Voltaire para vários destinatários.

CORRESPONDÊNCIA DE VOLTAIRE – Cartas de Voltaire para vários destinatários.

JOAQUIM MANUEL DE MACEDO

(44) Floresta é vocábulo de etimologia popular. Se bem que oriundo de foreste (por forensis, exterior, e este, de foras), a analogia semântica com flor ou Flora fêz que no português e no castelhano se lhe introduzisse o — l — desses vocábulos, produzindo assim floresta: diferente do que se deu no ital. foresta, no franc. forêt e no ingl. forest. Não são escassos em nossa língua os casos de etimologia falsa, como este. (45) Quase, com — e — melhor escrita do termo latino quasi (are. quage e café). A língua não possuí anoxí-tonos com — i — final. Os poucos que tiveram entrada no léxico podem mudar em — e — o — / — terminativo e dispensar o acento a que ficariam sujeitos; assim: quase, quepe, jure (e não quási, quépi, júri); e as próprias vozes latinas ou gregas em — is — já vão sendo averbadas com a desinência vernácula: bile por bílis, sepse, raque, pelve, pube, licne, cute etc. (46) Torrão é forma alterada de terrão, pedaço de terra; como tostão é dissi-milação do are. teston, ital. testone, de testa, cabeça. (47) Começar — do lat. *cum initiare (raiz) de initium); are. començar. Cfr. o ital. cominciare e o esp. comenzar.

JOÃO MANUEL PEREIRA DA SILVA

JOÃO MANUEL PEREIRA DA SILVA (Iguaçu, Estado do Rio de Janeiro, 1818-1897) foi, incontestavelmente, um homem de trabalho e méritos cujos escritos históricos, objeto, aliás, de várias contestações razoáveis não devem ser postos de parte pelos estudiosos das coisas pátrias.

Abrangem esses livros todo o período que vai de 1808, com a chegada da dinastia real de Bragança a terras do Brasil, até 1840, com a procla-

História da Inglaterra no século XVI

Yafouba, o mágico da trilso, com uma das meninas que foram jogadas em cima de pontas de espadas.

História Universal de Césare Cantu

CAPÍTULO XXV A Inglaterra

O primeiro dos Tudors, o avaro e severo Henrique VII, que tinha adquirido à Inglaterra a tranqüilidade externa à custa da dignidade nacional, o sossego no interior pelo despotismo, por suas extorsões e pela humilhação da aristocracia, que as Guerras das Duas Rosas tinham dizimado, deixou o reino a seu filho sem experiência alguma dos negócios, com um tesouro de um milhão e oitocentas mil libras esterlinas. Na idade de dezoito anos, ativo, estudioso e excessivamente ávido de prazeres. Henrique VIII, mais versado na escolástica e na teologia do que convinha a um príncipe, começou o seu reinado com esplendor, com festas, torneios, cavalhadas, excitando com seu exemplo os senhores a aparecerem com suas riquezas enterradas, compondo música e punindo os concussio-nários; êle adquiriu assim a popularidade.

Frases, pensamentos e citações da Escola de Frankfurt

Só são verdadeiros os pensamentos que não entendem a si mesmos — Adorno A filosofia, que outrora se tornara obsoleta, permanece atual, pois perdeu o momento de sua realização — Adorno, Dialética Negativa As obras de arte são copias do vivente empírico, na medida em que a este fornecem o que lhes é recusado no exterior e … Ler maisFrases, pensamentos e citações da Escola de Frankfurt

Aristóteles – frases, pensamentos, citações

Há muito me convenci de que a capacidade que um homem tem de suportar ruído está na razão inversa da sua inteligência. | A. SchopenhauerTodos os homens, por natureza, desejam conhecer. — Aristóteles, Metafísica O bem do homem nos aparece como uma atividade da alma em consonância com a virtude, e, se há mais de uma … Ler maisAristóteles – frases, pensamentos, citações

Frases, pensamentos e citações de Nietzsche

O que é grande no homem, é que ele é uma ponte e não um fim: o que pode ser amado no homem, é que ele é um passar e um sucumbir. — Nietzsche, Assim Falou Zaratustra O que é a verdade, portanto? Um batalhão móvel de metáforas, metonímias, antropomorfismos, enfim, uma soma de relações humanas, … Ler maisFrases, pensamentos e citações de Nietzsche

Jean de La Bruyère – Do Homem

DO    HOMEM Bruyère Tradução de Brito Broca e Wilson Lousada. Fonte: Clássicos Jackson Não nos irritemos contra os homens por vermos sua dureza, sua ingratidão, sua injustiça, seu orgulho, seu amor de si mesmos e seu desinteresse pelos outros; são assim feitos, por natureza. Não os aceitar, como são, seria o mesmo que não poder … Ler maisJean de La Bruyère – Do Homem

Máximas de Epitecto – 5

mapa roma itália

MÁXIMAS DE EPICTETO Tradução de Alberto Denis Compilação da 1ª Edição da GRÁFICA E EDITORA EDIGRAF LTDA. São Paulo, Brasil Col. Biblioteca de Autores Célebres Material enviado por Tiago Tomasi Parte 1 | Parte 2 | Parte 3 | Parte 4 | Parte 5 271            A cada tentação pensa, no íntimo: eis um grande … Ler maisMáximas de Epitecto – 5

Máximas de Epitecto -4

mapa roma itália

MÁXIMAS DE EPICTETO Tradução de Alberto Denis Compilação da 1ª Edição da GRÁFICA E EDITORA EDIGRAF LTDA. São Paulo, Brasil Col. Biblioteca de Autores Célebres Material enviado por Tiago Tomasi Parte 1 | Parte 2 | Parte 3 | Parte 4 | Parte 5 207            Passas por esta cidade, e enquanto o barco se … Ler maisMáximas de Epitecto -4

Máximas de Epitecto – 3

ordem dórica (segundo Augusto Choisy)

MÁXIMAS DE EPICTETO Tradução de Alberto Denis Compilação da 1ª Edição da GRÁFICA E EDITORA EDIGRAF LTDA. São Paulo, Brasil Col. Biblioteca de Autores Célebres Material enviado por Tiago Tomasi Parte 1 | Parte 2 | Parte 3 | Parte 4 | Parte 5 140            Não há nada tão freqüente como ver poderosos que … Ler maisMáximas de Epitecto – 3

Máximas de Epitecto – 2

mapa roma itália

MÁXIMAS DE EPICTETO Tradução de Alberto Denis Compilação da 1ª Edição da GRÁFICA E EDITORA EDIGRAF LTDA. São Paulo, Brasil Col. Biblioteca de Autores Célebres Material enviado por Tiago Tomasi Parte 1 | Parte 2 | Parte 3 | Parte 4 | Parte 5 72            Se há uma arte de bem falar, há igualmente … Ler maisMáximas de Epitecto – 2

Máximas de Epitecto – 1

mapa roma itália

MÁXIMAS DE EPICTETO Tradução de Alberto Denis Compilação da 1ª Edição da GRÁFICA E EDITORA EDIGRAF LTDA. São Paulo, Brasil Col. Biblioteca de Autores Célebres Material enviado por Tiago Tomasi Parte 1 | Parte 2 | Parte 3 | Parte 4 | Parte 5 EPICTETO   Difícil é para o biógrafo dizer qual a data … Ler maisMáximas de Epitecto – 1