QUEM ELEGE OS POLÍTICOS SÃO OS POLÍTICOS

jan 15th, 2011 | Por | Categoria: Política

Nei Duclós Tem político brasileiro que se aposenta depois do sexto mandato consecutivo. Sarney está lá desde os anos 60 e trocou o Maranhão pelo Amapá para continuar se reelegendo. Volta Renan Calheiros, Pallocci, Genoino, Dirceu. Lula inventa Dilma e a elege com minoria de votos, já que a oposição se dividiu entre Serra e […]



A DOR VEIO ABAIXO

jan 15th, 2011 | Por | Categoria: Poesia

Nei Duclós Cavamos o barro no horário nobre Corpos na enxada Levamos amores mortos no ombro Torta viagem Nas costas, dívidas Torres de lixo onde era cidade Justiça é sonho em ruínas debaixo da chuva Limpam as mãos nas rotinas O verão é sujo O mal está salvo Não a vida que vira a página […]



LITORAL

jan 15th, 2011 | Por | Categoria: Crônicas

Nei Duclós O mundo não cabe no litoral brasileiro, sabemos disso todo santo janeiro. É por isso que nos esforçamos em expulsar turistas. Providenciamos um mar que engole praias, umas praias sem saneamento básico, uns serviços bizarros como o do flanelinha alugando trecho de areia. Sem falar num queijo fedido assado na brasa que insistem […]



METALÍNGUA: O SEGREDO DA PEDRA

jan 15th, 2011 | Por | Categoria: Livros

Nei Duclós Poesia sofre de solidão, por isso se cumprimenta, aperta a própria mão num ritual aparentemente insano. Ou, como diz o poeta Alexandre Brito (Porto Alegre, 1959) no seu livro Metalíngua (Éblis, 29 pgs.): “Morde a si mesma com as gengivas de um velho diabo”. A metáfora é perfeita: desde as vanguardas do século […]



EVA

jan 15th, 2011 | Por | Categoria: Poesia

Nei Duclós Mulher, nada te nega Maré, águas inversas Vento, pôquer de velas Mulher, és o que entregas Porto, rastro na pedra Onda, de verde vértebra Mulher, alguém de terra Teia, que não releva Mito, feito de areia Mulher, olhar que gela Verbo, antes da queda Maçã, mesa do êxtase Mulher, rosto a prêmio Fuga, […]



SOMEWHERE: O INCESTO DA MEMÓRIA

jan 15th, 2011 | Por | Categoria: Cinema

Nei Duclós O problema de usar certas palavras na internet é que atrai todo tipo de tara. Lembro de uma resenha que precisei tirar porque falava de menores e isso desencadeou a busca dos sem-noção. Mas não há como escapar da palavra incesto quando se trata de Somewhere (Um Lugar Qualquer), o premiado filme de […]



ESSÊNCIA

jan 15th, 2011 | Por | Categoria: Crônicas

Nei Duclós Ninguém foge ao seu destino, a dúvida é saber qual é. Livre-se do supérfluo, dizem os gurus aconselhando a reduzirmos tudo a uma essência desconhecida. Corre-se o risco de, ao atingirmos o osso, voltarmos a cascas antigas, comprovadamente obsoletas. Precisaríamos achar um caminho de volta que não nos levasse a situações já superadas. […]



O PODER DEVORADOR

jan 15th, 2011 | Por | Categoria: Política

Nei Duclós O Brasil atual é uma tragédia da consciência. Não apenas porque novos e significativos segmentos se uniram ao velho esquema de pensar a soldo, mas porque muita gente se dispôs a entregar de graça, para notórios bandidos da política, tudo o que sente e sabe. Como aconteceu essa desgraça? Foi a pressa. Numa […]



PERSÉPOLIS, A MULHER SOB A DITADURA DO IRÃ

jan 15th, 2011 | Por | Categoria: Cinema

Nei Duclós Qualquer sistema de valores serve para impor uma ditadura: um nacionalismo que aspira ao imperialismo, uma religião fechada, uma democracia engessada, uma burocracia que finge eficiência. No Irã, como em alguns outros países, é o islamismo que se presta ao tacão que esmaga opositores e proíbe o lazer, a música, a dança e […]



O AVESSO

jan 15th, 2011 | Por | Categoria: Crônicas

Nei Duclós Os lugares comuns entregam tudo, pois funcionam pelo avesso. Quem gosta de dizer fora de série, por exemplo, é adepto da mesmice. Quem te convida para jogar conversa fora tem pouco a dizer, já que desperdiçou tudo. Quem pergunta como vai essa força te considera fraco – e bate com veemência nas costas […]