LAÍS CHAFFE: MÍNIMO VERBO DE MÁXIMO FOGO

abr 3rd, 2012 | Por | Categoria: Livros

Nei Duclós Os poetas se anteciparam à necessidade de mudar a linguagem para adaptá-la ao mundo e assim ajudar a transformá-lo. Na carona dessa mudança, a poesia tornou-se escassa numa época beletrista, certeira quando o discurso descrevia espirais de ilusionismo em volta das grandes guerras, emocionada sem apelar para as emoções baratas, demolidora na sua […]



GOGOL: A HIERARQUIA SOCIAL NA ORIGEM DA INSÂNIA

jan 15th, 2012 | Por | Categoria: Livros

Nei Duclós No extraordinário Diário de um louco, de Gogol (1809 – 1852), funcionário público pobre e medíocre faz um esforço para se adaptar à irracionalidade da hierarquia social por meio da lógica das representações. Ter um título de nobreza, casar coma filha do chefe, usar uniforme de general são objetivos que poderão levá-lo à […]



UMA HISTÓRIA VERDADEIRA DE PESCADOR

jan 1st, 2012 | Por | Categoria: Livros

Nei Duclós O lançamento oficial do livro “Chico Bastos – O pescador”, de Willy Cesar, publicado pela editora UniverCidade, do Rio de Janeiro, foi no dia 20/12/11, em Rio Grande. Recebi um exemplar por especial gentileza de Cabeto Bastos, sobrinho do protagonista, Francisco Martins Bastos ( 1907-1986), e o responsável por esse resgate precioso da […]



DUELOS ENTRE O AMOR E A SOLIDÃO

out 3rd, 2011 | Por | Categoria: Livros

Nei Duclós Resenha publicada na revista ISTOÉ 11/05/1988 sobre o livro Os Dragões Não Conhecem O Paraiso, de Caio Fernando Abreu. Companhia das Letras, 157 páginas. A lucidez fecha as portas do paraíso. No campo minado da linguagem de Caio Fernando Abreu, o paraíso significa a “eterna monotonia de pacífica falsidade”. Enxergar é não ter […]



DYONELIO MACHADO: QUARENTA ANOS DE SILÊNCIO

set 5th, 2011 | Por | Categoria: Livros

Nei Duclós Graças a Iuri Muller, que no twitter se assina @mulleriuri, que localizou e me enviou o texto, publico hoje o artigo sobre O Louco do Cati, o genial romance oculto de Dyonelio Machado. Originalmente, o artigo saiu na Ilustrada, da Folha de S. Paulo, em 3 de fevereiro de 1979. Ele me foi […]



EM BUSCA DO CÂNONE

mai 4th, 2011 | Por | Categoria: Livros

Nei Duclós Só para implicar, costumo dizer que a verdadeira citação é aquela feita de memória, e que a ipsis litteris não passa de plágio. Não é uma afirmação totalmente verdadeira, pois o filtro da mente pode acabar com a frase original. Mas a frase funciona. Serve para evitar a pior ameaça quando se fala […]



METALÍNGUA: O SEGREDO DA PEDRA

jan 15th, 2011 | Por | Categoria: Livros

Nei Duclós Poesia sofre de solidão, por isso se cumprimenta, aperta a própria mão num ritual aparentemente insano. Ou, como diz o poeta Alexandre Brito (Porto Alegre, 1959) no seu livro Metalíngua (Éblis, 29 pgs.): “Morde a si mesma com as gengivas de um velho diabo”. A metáfora é perfeita: desde as vanguardas do século […]



CRÔNICAS DE MARCOS REY: FUNDAMENTOS DO OFÍCIO

dez 23rd, 2010 | Por | Categoria: Livros

Nei Duclós Edmundo Nonato (1925-1999) é o cidadão que assumiu o ofício de escritor por meio de seu principal personagem, Marcos Rey. Autor de extensa obra, de romances a contos, de novelas de TV a scripts para o cinema, de farta literatura infanto-juvenil a reportagens, ele agora tem reunido num belo volume as suas melhores […]



OS SEGREDOS DE HELENA

dez 6th, 2010 | Por | Categoria: Livros

Nei Duclós O romance de estréia Helena de Uruguaiana ( Dublinense, 109 pgs.), de Maria da Graça Rodrigues, conta alguns segredos. Primeiro, da personagem, a adolescente que seduziu o primo rico, por ele sofreu a vida toda, foi mãe solteira e correu o mundo antes de se decidir pelo que realmente queria. Segundo, da cidade […]



O MASSACRE COMO NARRATIVA

nov 11th, 2010 | Por | Categoria: Livros

Nei Duclós A primeira edição brasileira do clássico argentino Operação Massacre, de Rodolfo Walsh (1927-1977), escrito e lançado sucessivamente a partir de 1957 (teve quase 40 edições) , acumula as várias camadas de uma narrativa: a do escritor de romance policial que substituiu a ficção para investigar um caso concreto, e nele enterrou sua vida, […]