A IGREJA E A REVOLUÇÃO DE 1924

nov 7th, 2010 | Por | Categoria: Trabalhos Acadêmicos

NEI DUCLÓS 1. INTRODUÇÃO (COM UM ADITIVO METODOLÓGICO) Invocando Max Weber e seu instrumento revelador – a construção de um tipo ideal – vamos tentar criar um “quadro de pensamento que reúne determinadas relações e acontecimentos da vida histórica para formar um cosmos não contraditório de relações pensadas”. Essa construção, adverte Weber, reveste-se do caráter […]



CULTURA, CARNAVAL E CINZAS

dez 18th, 2009 | Por | Categoria: Política, Trabalhos Acadêmicos

O bilontra da virada do século, o malandro que domina a cena carioca a partir dos anos 30 e o bandido que se consolida principalmente depois de 64 – que militarizou a sociedade – são, no fundo, o mesmo personagem. (Revolta da vacina, Ideologia da malandragem, O gênio da chanchada, Tom Jobim e os etnocêntricos e Zé Kéti foi à luta são os temas de um trabalho que analisa a mão pesada do Estado na fonte do conceito e das ações da marginalidade).
Texto apresentado na cadeira de História da Cultura, do professor Arnaldo Contier, da USP.



O PAPEL DA POLÍCIA POLÍTICA NO PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO DA UNIDADE DAS FORÇAS ARMADAS (1930-1945)

dez 17th, 2009 | Por | Categoria: História Militar, Trabalhos Acadêmicos

A divisão das Forças Armadas foi a herança mais preocupante da República Velha e o maior desafio para o novo Governo Provisório encabeçado por Getúlio Vargas. A busca de coesão interna dentro dos quartéis foi um processo que se arrastou pela década de 30 e só se consolidou com a implantação do Estado Novo – que no fundo é o produto dessa vitória. Ao mesmo tempo, ele se desenvolveu concomitantemente à idealização de uma nova nacionalidade, de cunho autoritário, baseada nos princípios da disciplina, obediência, organização, respeito à ordem e às instituições. (Um mergulho nos arquivos do Deops paulista).



CONTEMPORÂNEOS DA DÚVIDA

dez 12th, 2009 | Por | Categoria: Trabalhos Acadêmicos

A neve foi fatal para Francis Bacon e René Descartes. Uma experiência criogênica com carne de frango em 1627 expôs demais ao frio o ex-chanceler da corte de Jaime I, enquanto uni convite da Rainha Cristina, da gelada Suécia, atraiu Descartes para a pneumonia e a morte em 1650. Mas os dois contemporâneos têm mais coisas em comum do que os rigores do clima. Cercados pelo muro alto da escolástica, eles compartilharam da insatisfação diante de uma filosofia que, acreditavam, nada acrescentava à vida humana. E estimulados pelo dinamismo da sua época, de invenções e descobertas, souberam lançar os alicerces de um conhecimento sintonizado com as novas conquistas da aventura humana



O TEXTO REVOLUCIONÁRIO NA AMÉRICA LATINA

dez 11th, 2009 | Por | Categoria: Trabalhos Acadêmicos

Por uma feliz disposição cronológica dos textos selecionados para o curso, os documentos do Exército Zapatista de Libertação Nacional (EZLN) acabam se revelando como o estuário, a atualização e o apogeu de uma linhagem do texto revolucionário latino-americano. Pela voz do Subcomandante Marcos, estão presentes alguns elementos importantes de Bolívar, Marti, Madero, Zapata, Sandino, vetores que se entrelaçam e se transmutam, enriquecendo e dando consistência a uma revelação renovada. Isso resgata uma tradição que povoou o imaginário do continente no século 20 e que, com o final da Guerra Fria, parecia condenada ao passado.



MICHELET INVENTA A HISTÓRIA

dez 11th, 2009 | Por | Categoria: Trabalhos Acadêmicos

A análise dos sete primeiros capítulos do clássico de Jules Michelet, “A História da Revolução Francesa”, propostos pelo curso, revelam uma visão romântica e moderna de uma ciência hoje em crise de identidade. A partir da obra do autor, vamos identificar seus elementos principais e, com a ajuda de Lucien Febvre e Jacques Rancière, sua gênese e atualidade.



Joaquim Nabuco e a Imigração Chinesa

mai 15th, 2005 | Por | Categoria: Política, Trabalhos Acadêmicos

O discurso do deputado Joaquim Nabuco – um representante de Pernambuco, filho de fazendeiros e na época ocupando pela primeira vez uma vaga no Congresso –



A luz que a treva revela

mai 14th, 2005 | Por | Categoria: Cinema, Trabalhos Acadêmicos

A fé e a dúvida sobem o rio Quebec encarnadas em dois grupos humanos: um formado por dois franceses, um padre e um carpinteiro, e o outro por uma clã de índios. No início da viagem, rumo a uma longíngua missão, a fé prevalece: o padre está convencido de que poderá catequisar os nativos e para isso conta com absoluta confiança nos desígnios de Deus



Uma Coreografia Iluminista da Hidra

mai 13th, 2005 | Por | Categoria: Trabalhos Acadêmicos

Sobre o livro “O Espectador Noturno – A revolução francesa através de Rétif de La Bretonne” (Rouanet, S.P.,1988) Revolução Francesa revisitada por meio da obra de Rétif de la Bretonne – escritor libertino, memorialista, historiador, repórter e cronista do século XVIII – revela-se, neste livro, desprovida da aura mística original e “contaminada” pela multiplicidade de enfoques.



A Dança dos Sete Véus

mai 13th, 2005 | Por | Categoria: Trabalhos Acadêmicos

Um bom livro vale tanto pelas perguntas que provoca quanto por suas revelações. No caso desta obra publicada originalmente em 1978 por Edward W. Said, da Universidade de Stanford, da California, esse duplo benefício se impõe, primeiro, por ser uma tese bem fundamentada de um fenômeno cultural atualíssimo,