AREIA

mai 9th, 2012 | Por | Categoria: Poesia        

Nei Duclós

Do Leste veio o sol devolvendo abril
no início da estação que está no fim
amor que começou e amarga o exílio
sabor que se perdeu antes de mim

O céu capricha azul depois da chuva
borracha sobre a dor, separação
corpos que secaram ainda úmidos
palavra recém dita e sem perdão

Devia te deixar fazer o escrito
prometido no verão do verbo aflito
e não pedir em vão teu desperdício

Agora colho o grão de uma colheita
lonjura em comunhão com a ventania
pareço um paredão chorando areia

Deixar comentário