PORTARIA

nov 26th, 2011 | Por | Categoria: Poesia        

Nei Duclós

Tua consagração no colégio
foi atropelada pelo orgasmo
culpa minha, porteiro do prédio
fruto de avaliação mal apurada

Ouvi teu desespero entre apostilas
nenhum oásis nas enciclopédias
morta de sede em mar de sábios
náufraga do viés, alfinete de provas

Bastou uma flor, dessas que sobram
entre tantos souvenirs do meu ofício
para que o culto parecesse brega

E teve o caule e um pouco de espinho
que cultivo no acervo da barba
Esfreguei no batom e ficaste entregue

Deixar comentário