DOMINGOS DOS REIS QUITA

DOMINGOS DOS REIS QUITA (Lisboa, 1726-1770). As suas obrascompreendem éclogas, odes, sonetos, outras poesias miúdas, o drama pas-toral Licore; e quatro tragédias, uma das quais, Castro, foi aproveitadapor João Batista Gomes para a sua Nova Castro. Quita foi membro da Arcádia Ulisiponense, sob o nome de Alcino Micênio. Tinha a profissãode cabeleireiro e morreu paupérrimo. … Ler maisDOMINGOS DOS REIS QUITA

A Grécia – Arte Grega Antiga

Templos gregos 

  • Ordens
  • Arquitectura Clássica Grega Antiga
  • Escultura na Grécia Antiga
  • Curos e Coré 
  • Período pré-clássico 
  • Fídias
  • Arte na Grécia no Século IV a. C
  • Período Helenístico
  • Vasos 
  • OBRAS CARACTERÍSTICA DA ARTE GREGA
  • ARQUITECTURA
  • ESCULTURA
  • VASOS
  •  

    Á Grécia

    Reserva feita da opinião dos que sustentam — será acaso um paradoxo? — que a arte grega nunca cessou de viver pois que inspira ainda hoje toda a Europa, esta arte teve uma existência bastante breve. Durou praticamente do vil século até cerca do ano 150 antes de Jesus Cristo, até à conquista romana. O seu domínio também foi relativamente limitado: Grécia propriamente dita. Asia Menor e Grande Grécia.

    Mas a sua duração global dá uma ideia bastante imperfeita dos fenómenos ocorridos: importa ter em consideração épocas em que o movimento se acelera; menos de cem anos bastam para passar do Triplo ATereuáo Hecatompédon às esculturas de Parténon.

    VIDA DE FILOPÊMENE – PLUTARCO – VIDAS PARALELAS

    Arte etrusca

    Na
    cidade de Mantinéia vivia outrora um cidadão chamado Cassandro , pertencente
    a uma das mais nobres e antigas famílias locais, e cuja reputação e autoridade
    no trato dos negócios públicos eram, em seu tempo, maiores do que os de
    qualquer outra pessoa. Todavia, a fortuna tornou-se-lhe depois adversa, de modo
    que foi expulso de seu país, retirando-se para a cidade de Megalópolis ,
    para onde o levou principalmente a amizade que o ligava a Crausis , pai de
    Filopêmene, homem excelente, liberal e magnânimo afeiçoado à sua terra.
    Enquanto Crausis viveu, Cassandro foi por êle tão bem tratado que nada lhe
    faltou. CAPÍTULO DAS VIDAS PARALELAS, do filósofo Plutarco.