mapa roma itália
Índice

Continued from:

Sistema tributário

Já César iniciara esse saneamento administrativo, fazendo cobrar os impostos por funcionários do governo em vez de os arrendar, o que afastava o lucro iníquo e vexatório dos arrematantes. Também a responsabilidade dos procônsules teve início com César, o qual instituiu os legados sujeitos a demissão e íêz adotar uma lei de restituição, que permitia despojar os concussionários do fruto dos seus peculatos. Os impostos criados por Augusto foram os mais simples, diretos e justos: 1% sobre toda transação e 5% sobre as sucessões, estando a eles sujeitos romanos, italianos e provincianos. Augusto percorreu êle próprio durante 11 anos quase todas as províncias do império, da Espanha à Síria, inteirando-se sem intermediários do que urgia alterar. No seu tempo o império quase tocou o auge da sua extensão territorial, tendo mais de 5 000 quilômetros de leste a oeste e mais de 3 000 de norte a sul.

Ordem pública

O regime imperial foi sobretudo benéfico para as províncias, que nele gozaram de amplas liberdades locais e, ao passo que Roma sofria as conseqüências das repetidas tiranias, conheciam a autoridade suprema especialmente pela segurança e pela garantia que dela lhes resultava. No tempo de Augusto não só a Itália como a Gália e a Espanha se cobriram de boas estradas.

A defesa do império

Na Itália os salteadores foram reprimidos e em Roma se estabeleceu um serviço regular de polícia. As coortes pretorianas, compostas de legionários de comprovado valor e vencendo soldo duplo, asseguravam a ordem na península itálica: pelas províncias o domínio romano era mantido pelo exército regular de 350 000 a 400 000 homens, instituição fixa que substituíra aqueles contingentes arbitrados pelo senado para uma dada expedição e que os cônsules escolhiam dentre os cidadãos convocados pela trombeta militar para o campo de Marte.

A população do império. Os jogos públicos

Calcula-se a população do império em tempo de Augusto, de acordo com o censo feito desta e da riqueza, em 100 a 120 milhões de almas, metade porém escrava. Só Roma continha nessa época perto de 3 milhões de habitantes. No Circo Máximo cabiam 200 000 espectadores que se deliciavam com as corridas de carros, os combates de gladiadores, uns de capacete com viseira, espada e escudo, outros — os reciários — com rede e tridente, e as lutas de animais ferozes com os bestiários, freqüentemente suas vítimas. Era preciso que o povo andasse divertido: nele afinal se encontrava o limite do despotismo imperial. Havia este soberano coletivo acima do outro.

A opinião pública

A opinião pública contava, pois, influências, mesmo nessa forma pouco edificante, caminho porventura para outra melhor. Nalgumas províncias, como na Gália, reuniam-se anualmente assembléias compostas de representantes eleitos pelas cidades, a fim de renovarem seu juramento de fidelidade ao imperador, sendo-lhes lícito nessa ocasião exprimirem seu juízo sobre a gestão dos seus governadores, que Augusto não hesitava em exonerar quando eram fundadas as queixas.

Caráter de Augusto

Da sua política fazia parte o ser acessível a todos, atencioso e até generoso, como o foi com Cina, quando nisto via seu interesse.

A prudência ensinara-o a conter-se, e, desprezando talvez por natureza o luxo, afetava gostos simples, usando apenas a lã fiada pela família, procurando sempre fazer esquecer que era o dominus.

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.