mapa roma itália
Índice

Continued from:

A grande invasão germânica. Os visigodos na Espanha

Os quarenta anos seguintes são os da maré cheia da invasão germânica, cobrindo todo o império do Ocidente, onde, com esse afluxo de uma nova raça, deixou de haver de todo uma nação romana e se foram formando novos reinos históricos. Os visigodos, após a morte de Alarico, voltaram para o norte, atravessando a Itália e indo ocupar a Gália meridional e depois a maior parte da Espanha. O reino visigótico durou até 711, quando o derrubaram os sarracenos, assim vindo a misturar-se na península hispânica iberos, celtas, romanos, teutões e berberes. Os visigodos procuraram preservar as instituições latinas e respeitar os direitos da população, de forma que a fusão foi pacífica.

Os suevos e os alanos na Galiza e em Portugal

Em parte do Portugal e da Galiza de hoje localizou-se o reino dos suevos. Os alanos, que eram de outra raça, do grupo asiático denominado uralc-altaico, e tinham sido empurrados na sua frente peles hunos, saídos da Ásia Central, tinham ocupado a Lusitânia; mas foi muito breve sua ocupação, sendo em 419 derrotados na batalha de Merida e submetidos ao domínio dos suevos. Estes, descidos das costas do Báltico, tinham em parte penetrado na Itália, onde foram batidos por Stilico e em parte, juntamente com os alanos, os vândalos e os burguinhões, se tinham estabelecido na margem direita do Reno (406). Atravessaram-no para aproveitar o ensejo da fronteira desguarnecida por motivo da retirada das legiões para a Itália, quando Alarico a atacou.

Os burguinhões e os francos

Os burguinhões concentraram-se no Reno superior e no vale do Ródano entre as Cevenas e os Alpes — onde o nome de Borgonha à região — durando pouco mais de um século o seu reino (413-534), que foi reduzido à dependência pelos francos. Sob tal nome várias tribos — sálios, ripuários, sicambros — habitaram o território hoje belga e o curso inferior do Reno, entre este rio e o Weser. Sua aparição na história data do meado do século III e um século depois conseguiram a permissão de passar para a margem esquerda do Reno, espraiando-se ao norte da Gália, onde ia ser o seu reino.

Os anglos,os saxões e os jutas

Entretanto a província britânica fora também desguarnecida pelos romanos pelo mesmo motivo da ameaça de Alarico, dando ocasião a que nela se viessem instalar anglos, saxões e jutas. Os primeiros os terceiros tinham habitado a Dinamarca; os segundos tinham passado do Holstein para a bacia do Weser. Eram todas tribos germânicas, contra as quais se defenderam mal os celtas da Britânia que, aliás, tinham em 449 chamado os jutas em seu auxílio para repelirem os pitas, indígenas terríveis da Escócia. Os jutas foram e ficaram, seguindo-se os outros, da foz do Elba. Muitos bretões emigraram então para o outro lado do canal da Mancha, colonizando a Bretanha.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.