Globalização: Super-homem e Übermensch- José Pablo Feinmann

Texto no Original Tradução em francês Globalização: Super-homem e Übermensch José Pablo Feinmann Página 12, 7 de fevereiro de 2004 Tradução de Miguel Duclós Uma pequena história nos colocará diretamente n questão. A “questão” é um dos enfrentamentos políticos-culturais mais completos e fascinantes do século XX. A “pequena história” é a seguinte: na década de … Ler maisGlobalização: Super-homem e Übermensch- José Pablo Feinmann

Resumo e download da dissertação A Morte de Deus e a morte do homem no pensamento de Nietzsche e de Michel Foucault, de José Guilherme Dantas Lucariny

maravilhas das antigas civizações

Página  de resumo da dissertação de mestrado de José Guilherme Dantas Lucariny                             apresentada ao Departamento de Filosofia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro     Título: A Morte de Deus e a Morte do homem no pensamento de Nietzsche e de Michel Foucault   RESUMO A dissertação parte do pensamento de Nietzsche, … Ler maisResumo e download da dissertação A Morte de Deus e a morte do homem no pensamento de Nietzsche e de Michel Foucault, de José Guilherme Dantas Lucariny

Verdade-Metafísica-Poesia: Um ensaio de filosofia a partir dos haicais de de Luís Antônio Pimentel

Download de Verdade-Metafísica-Poesia: Um ensaio de filosofia a partir dos haicais de Luís Antônio Pimentel   Verdade-Metafísica-Poesia Um ensaio de filosofia a partir dos haicais de Luís Antônio Pimentel por R. S. KAHLMEYER-MERTENS NOTA PRELIMINAR DO AUTOR O presente livro é produto de um curso de Filosofia intitulado Fundamentos filosóficos da cultura ocidental. Ministrado durante … Ler maisVerdade-Metafísica-Poesia: Um ensaio de filosofia a partir dos haicais de de Luís Antônio Pimentel

Da Verdade Proposicional à Verdade da Existência: considerações em torno da compreensão heideggeriana da linguagem

maravilhas das antigas civizações

Da Verdade Proposicional à Verdade da Existência: considerações em torno da compreensão heideggeriana da linguagem. Por Marcos Paulo L. Vieira. A proposição é o lugar originário da verdade. À luz desta fórmula, o sentido da verdade, como conformidade da proposição à coisa, vem sendo compreendida por todo pensamento ocidental enquanto verdade proposicional há séculos. Isso … Ler maisDa Verdade Proposicional à Verdade da Existência: considerações em torno da compreensão heideggeriana da linguagem

ESSÊNCIA E VERDADE. UMA INTERPRETAÇÃO HEIDEGGERIANA DA TÉCNICA MODERNA

maravilhas das antigas civizações

ESSÊNCIA E VERDADE. UMA INTERPRETAÇÃO HEIDEGGERIANA DA TÉCNICA MODERNA. Por Marcos Paulo L. Vieira O que se realiza no presente texto é uma interpretação ontológica do fenômeno da técnica moderna a partir do pensamento de Martin Heidegger. Tal esforço encontra seu impulso primordial e sua sustentação basilar na análise de sua conferência intitulada A questão … Ler maisESSÊNCIA E VERDADE. UMA INTERPRETAÇÃO HEIDEGGERIANA DA TÉCNICA MODERNA

Metafísica, história do ser e subjetividade – uma reconstrução a partir dos fragmentos de Nietzsche: metafísica e niilismo.

maravilhas das antigas civizações

Metafísica, história do ser e subjetividade – uma reconstrução a partir dos fragmentos de Nietzsche: metafísica e niilismo. Roberto S. Kahlmeyer-Mertens [1] Resumo: O propósito do artigo é elaborar um estudo sobre as noções de metafísica, história do ser e subjetividade no pensamento de Heidegger. Para tanto, interpretaremos estas concepções na obra Nietzsche – Metafísica … Ler maisMetafísica, história do ser e subjetividade – uma reconstrução a partir dos fragmentos de Nietzsche: metafísica e niilismo.

Jean-Paul Sartre – Fenomenologia da alteridade

Resumo: O texto consiste de um estudo acerca da questão da alteridade em O ser e o Nada de Jean-Paul Sartre. Abordaremos a parte em que o filósofo francês aponta como a alteriadade ainda constitui um nó-górdio à fenomenologia. Sartre comentará o conceito em três estações do pensamento fenomenológico. Hegel, na modernidade, e sua compreensão de fenomenologia não husserliana; Husserl, em suas Investigações e Heidegger em Ser e tempo. Os comentários de Sartre são elucidativos das diferenças essenciais entre os autores, e ponto que pode ser tomado como elemento didático para um contato com esse campo teórico.

A tese de Hegel sobre o ser nas doutrinas da Enciclopédia das ciencias das filosóficas Lógica menor (1830)

maravilhas das antigas civizações

Resumo: O artigo pretende
uma breve apresentaçao acerca das tres doutrinas da lógica hegeliana.
Pautando-se na Ciencia da Lógica, tal como encontrada na Enciclopédia
das ciencias filosóficas
, buscaremos explicitar a compreensao que o
filósofo tem dos conceitos de ser, essencia e conceito; demonstrando
como esses estao ligados por uma dialética. O trabalho adota por metodologia o
comentário pontual de passagens seletas do autor, apoiando-se em bibliografia
especializada.

“Da pergunta por uma ética própria ao pensamento de Heidegger

maravilhas das antigas civizações

[download id=”21″] Da pergunta por uma ética própria ao pensamento de Heidegger Roberto S. Kahlmeyer-Mertens [1] Resumo: A pergunta por uma ética heideggeriana é freqüente; também intrigante pelo fato de não aparecer de modo explícito em sua obra, entendida como questão derivada. Entretanto, vemos o pensamento de Heidegger influenciar autores ligados à ética como Arendt, … Ler mais“Da pergunta por uma ética própria ao pensamento de Heidegger

Como Heidegger interpreta a gênese do conhecimento teórico em Ser e Tempo

maravilhas das antigas civizações

Como Heidegger interpreta a gênese do conhecimento teórico em Ser e Tempo? Roberto S. Kahlmeyer-Mertens [1] Resumo: O texto comunica o encaminhamento de uma pesquisa de Doutorado intitulada: Da Gênese do conhecimento teórico em Ser e tempo. Tem o propósito de apresentar um aprofundamento ao problema: Como se interpreta a gênese do conhecimento teórico nesta … Ler maisComo Heidegger interpreta a gênese do conhecimento teórico em Ser e Tempo

O MUNDO GREGO COMO ETHOS DA ASSIM CHAMADA FILOSOFIA-OCIDENTAL-EUROPÉIA (METAFÍSICA) SEGUNDO MARTIN HEIDEGGER

O MUNDO GREGO COMO ETHOS DA ASSIM CHAMADA FILOSOFIA-OCIDENTAL-EUROPÉIA (METAFÍSICA) SEGUNDO MARTIN HEIDEGGER Roberto S. Kahlmeyer-Mertens [1] Resumo: O tema do artigo é o caráter grego da filosofia entendida como metafísica desde o enfoque permitido pelo pensamento de M. Heidegger (1889-1976). Temos o objetivo de apresentar que a metafísica tem seu ethos em uma experiencia … Ler maisO MUNDO GREGO COMO ETHOS DA ASSIM CHAMADA FILOSOFIA-OCIDENTAL-EUROPÉIA (METAFÍSICA) SEGUNDO MARTIN HEIDEGGER

Sobre identidade e diferença em Heidegger

maravilhas das antigas civizações

[download id=”28″] Sobre identidade e diferença em Heidegger Roberto S. Kahlmeyer-Mertens [1] Resumo: A proposta do ensaio é pensar a implicação ontológica entre ser e identidade na filosofia de Heidegger. Temos o objetivo de abordar o conceito de identidade, buscando acenar como esta estaria relacionada com a diferença ontológica entre ser e ente, atrelado ao … Ler maisSobre identidade e diferença em Heidegger

Metafísica e práxis: Bornheim leitor de Heidegger

maravilhas das antigas civizações

Metafísica e práxis: Bornheim leitor de Heidegger Roberto S. Kahlmeyer-Mertens [1] Resumo: Esse artigo traz uma primeira tentativa de pensar a obra do filósofo brasileiro Gerd Bornheim. Autor de significativa obra no cenário nacional, Bornheim é apontado como um dos receptores da filosofia de Heidegger no Brasil. As leituras que o brasileiro faz de Heidegger … Ler maisMetafísica e práxis: Bornheim leitor de Heidegger

VERGÍLIO FERREIRA NOS CAMINHOS DA INTERROGAÇÃO

maravilhas das antigas civizações

VERGÍLIO FERREIRA NOS CAMINHOS DA INTERROGAÇÃO por Isabel Rosete     A interrogação tem, para Vergílio Ferreira, um sentido ontológico e não apenas lógico, tal como as perguntas para as quais encontramos sempre respostas, nesses mesmos espaços prometaicos de que o autor sistematicamente se afasta. Perante as interrogações que o intrigam, e à medida que … Ler maisVERGÍLIO FERREIRA NOS CAMINHOS DA INTERROGAÇÃO

Kant e o Problema da Metafísica – Aula 7

maravilhas das antigas civizações

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS  Curso sobre Heidegger: Kant e o Problema da Metafísica Material Enviado por José de Medeiros Machado Jr.  2o. semestre de 2004  Professor Bento Prado Jr. ÍNDICE Material Enviado por José de Medeiros Machado Jr. Data da aula  01/10/2001 08/10/2004 15/10/2004 12/11/2004 19/11/2004 26/11/2004 03/12/2004 [download id=”4″]   03/12/2004 Mas o … Ler maisKant e o Problema da Metafísica – Aula 7

Heidegger: Kant e o Problema da Metafísica – Aula 6

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS Curso sobre Heidegger: Kant e o problema da metafísica – aula 6  2o. semestre de 2004  Professor Bento Prado Jr. Material Enviado por José de Medeiros Machado Jr. ÍNDICE Data da aula  01/10/2001 08/10/2004 15/10/2004 12/11/2004 19/11/2004 26/11/2004 03/12/2004 [download id=”4″]   26/11/2004 Nós passamos pra comentar o A questão … Ler maisHeidegger: Kant e o Problema da Metafísica – Aula 6

Heidegger: Kant e o Problema da Metafísica – Aula 5

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS Curso sobre Heidegger: Kant e o Problema da Metafísica Material Enviado por José de Medeiros Machado Jr.  2o. semestre de 2004  Professor Bento Prado Jr. Material Enviado por José de Medeiros Machado Jr. ÍNDICE Data da aula  01/10/2001 08/10/2004 15/10/2004 12/11/2004 19/11/2004 26/11/2004 03/12/2004 [download id=”4″] )   19/11/2004 Kant … Ler maisHeidegger: Kant e o Problema da Metafísica – Aula 5

Heidegger: Kant e o Problema da Metafísica – Aula 4

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS   Curso sobre Heidegger: Kant e o Problema da Metafísica Material Enviado por José de Medeiros Machado Jr.  2o. semestre de 2004  Professor Bento Prado Jr. ÍNDICE Material Enviado por José de Medeiros Machado Jr. Data da aula  01/10/2001 08/10/2004 15/10/2004 12/11/2004 19/11/2004 26/11/2004 03/12/2004 [download id=”4″])   12/11/2004 Antes … Ler maisHeidegger: Kant e o Problema da Metafísica – Aula 4

Heidegger: Kant e o Problema da Metafísica – Aula 3

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS Curso sobre Heidegger: Kant e o Problema da Metafísica  2o. semestre de 2004  Professor Bento Prado Jr. Material Enviado por José de Medeiros Machado Jr. ÍNDICE Data da aula  01/10/2001 08/10/2004 15/10/2004 12/11/2004 19/11/2004 26/11/2004 03/12/2004 [download id=”4″] 15/10/2004 1- O “Eu penso” que repete “Eu = Eu”; 2- As … Ler maisHeidegger: Kant e o Problema da Metafísica – Aula 3

Heidegger: Kant e o Problema da Metafísica – Aula 2

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS   Curso sobre Heidegger: Kant e o Problema da Metafísica Material Enviado por José de Medeiros Machado Jr.  2o. semestre de 2004  Professor Bento Prado Jr. ÍNDICE Data da aula  01/10/2001 08/10/2004 15/10/2004 12/11/2004 19/11/2004 26/11/2004 03/12/2004 [download id=”4″]   08/10/2004 Então vamos ver se hoje a gente faz o … Ler maisHeidegger: Kant e o Problema da Metafísica – Aula 2

Heidegger: Kant e o Problema da Metafísica – Aula 1

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS Curso sobre Heidegger: Kant e o Problema da Metafísica  2o. semestre de 2004  Professor Bento Prado Jr. Material Enviado por José de Medeiros Machado Jr. ÍNDICE Data da aula  01/10/2001 08/10/2004 15/10/2004 12/11/2004 19/11/2004 26/11/2004 03/12/2004 [download id=”4″] 1/10/2004 … são 45 parágrafos, 4 secções, sendo que a 2A. secção … Ler maisHeidegger: Kant e o Problema da Metafísica – Aula 1

cap. 23 – Ontologias da Vida – Fundamentos de Filosofia de Manuel Morente

Fundamentos de Filosofia de Manuel Garcia MorenteLições Preliminares Lição XXIII ONTOLOGIA DA VIDA 196.    A TOTALIDADE DA EXISTÊNCIA NA VIDA. —  197.    ESTRUTURA ÔNTICA DA VIDA. — 198.   CARACTERES DA VIDA. — 199.   VIDA E TEMPO. — 200.   A ANGÚSTIA E O NADA. — 201.   O PROBLEMA DA MORTE. — 202.   O PROBLEMA DE DEUS. … Ler maiscap. 23 – Ontologias da Vida – Fundamentos de Filosofia de Manuel Morente

cap. 21 – Do Real e do Ideal – Fundamentos de Filosofia de Manuel Morente

Fundamentos de Filosofia de Manuel Garcia MorenteLições Preliminares Lição XXI DO REAL E DO IDEAL 179. CATEGORIAS ÔNTICAS E ONTOLÓGICAS. — 180. ESTRUTURA DOS OBJETOS REAIS. — 181. O FÍSICO E O PSÍQUICO. — 182. MUNDO A MAO. — 183. MUNDO PROBLEMÁTICO. — 184. MUNDO CIENTIFICO. — 185. ESTRUTURA DOS OBJETOS IDEAIS. — 186. SER. … Ler maiscap. 21 – Do Real e do Ideal – Fundamentos de Filosofia de Manuel Morente

cap. 20 – Entrada na Ontologia – Fundamentos de Filosofia de Manuel Morente

Fundamentos de Filosofia de Manuel Garcia MorenteLições Preliminares PARTE DOUTRINAL Lição XX ENTRADA NA ONTOLOGIA 170. TEORIA DO SER E DO ENTE. — 171. DOIS MÉTODOS. — 172. ESTAR NO MUNDO. — 173.  ESFERA DAS COISAS  REAIS.  — 174.  ESFERA DOS  OBJETOS IDEAIS.  — 175.  ESFERA DOS  VALORES.  — 176.   NOSSA  VIDA.  — 177.   NEM … Ler maiscap. 20 – Entrada na Ontologia – Fundamentos de Filosofia de Manuel Morente

Sobre a Serenidade de Martin Heidegger

Sobre a "Serenidade" de Martin
Heidegger
Por Isabel Maia

A ciência moderna postula sempre
a monótona

estupidez do mundo que ela interroga

PRIGOGINE


    A "Serenidade" é um belo texto de Heidegger onde
ele reflecte sobre a essência da técnica moderna e onde
mostra a necessidade de recuperar aquilo que ele chamou de pensamento
meditativo. Não se trata de negar a técnica,
obviamente, mas de repensar a nossa relação com ela. O
apelo heideggeriano ao longo deste belo texto é, pois, o de
mantermos acordado o pensamento já que o que o homem tem de
mais próprio é, justamente, ser um ser pensante.

PERCURSOS DE HEIDEGGER PELO HUMANISMO

PERCURSOS DE HEIDEGGER PELO HUMANISMO  Isabel Rosete A extensa obra de  Heidegger  é marcada por uma obscuridade proposital. Sua insistência em apelar para uma radicalização do pensamento metafísico tornou-o um dos filósofos mais enigmáticos do século XX. A dificuldade do estudo de sua doutrina só tem paralelo com o exame das peças que sobraram dos textos … Ler maisPERCURSOS DE HEIDEGGER PELO HUMANISMO

INTRODUÇÃO AO ENSAIO «UMA POÉTICA DA MÚSICA EM MARTIN HEIDEGGER: OS DOMÍNIOS DA POESIA E O CANTO DOS POETAS

INTRODUÇÃO AO ENSAIO UMA POÉTICA DA MÚSICA EM MARTIN HEIDEGGER: OS DOMÍNIOS DA POESIA E O CANTO DOS POETAS, Isabel Rosete Artista de ontem e de hoje, que é a arte? Não me respondeis. Dissimulai-vos, adormeceis, bem vejo. Mas gritai, acordai, por Júpiter, pai dos deuses! Ensinai-me de uma vez o que é a arte. … Ler maisINTRODUÇÃO AO ENSAIO «UMA POÉTICA DA MÚSICA EM MARTIN HEIDEGGER: OS DOMÍNIOS DA POESIA E O CANTO DOS POETAS

HEIDEGGER: ARTE, OBRA, ORIGEM, MISTÉRIO E ENIGMA

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE LETRAS DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA MESTRADO: ESTÉTICA E FILOSOFIA DA ARTE HEIDEGGER: ARTE, OBRA, ORIGEM, MISTÉRIO E ENIGMA SEMINÁRIO: FILOSOFIA DA MÚSICA – filosofia DA PINTURA DOCENTE: PROFESSOR DOUTOR CARLOS COUTO DE SEQUEIRA COSTA SEGUNDO SEMESTRE 1996/1997 MESTRANDA: ISABEL ROSETE «(…) E todo o meu sonho e intento é unir e … Ler maisHEIDEGGER: ARTE, OBRA, ORIGEM, MISTÉRIO E ENIGMA